Kit ARPO®SEPT Sachê + ARPO®SEPT Fita teste

ARPO®SEPT é um ácido peracético “in situ” desenvolvido para limpeza descontaminação de instrumentais e desinfecção de Alto Nível para materiais odontológicos delicados e termossensíveis (não autoclaváveis) + Fita reagente para avaliação da atividade da solução de ácido peracético in situ.

APLICAÇÕES

R$189,90

Apresentação:
01 Caixa display com 5 sachês de 20g
01 Frasco de fitas teste com 25 unidades

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP
  • BENEFÍCIOS
  • COMO USAR
  • NORMAS

ARPO®SEPT versão easy dosage, a medida ideal para seus procedimentos.

• Desinfecção de alto nível para materiais e artigos não autoclaváveis.

• Limpeza e descontaminação de artigos.

• Exclusiva composição: o ácido peracético “in situ“, gerado a partir de componentes não danosos aos instrumentais.

• Alta eficácia: elimina com facilidade os microrganismos mais resistentes como: esporos, micobactérias, bactérias, fungos e vírus.

• Biodegradável: pode ser descartado na rede de esgoto, sem necessidade de desativação e sem danos ao meio ambiente.

• Alto rendimento: 20g (um sachê) de ARPO®SEPT para 1L de água em temperatura entre 25º e 40ºC.

+

Fita reagente para avaliação da atividade da solução.

Para desinfecção de alto nível

Diluir em 1L de água a medida de 1 sachê 20g de ARPO®SEPT. Após a limpeza e secagem dos artigos imergir em solução durante 15 minutos. Enxaguar, secar e destinar os materiais para uso imediato conforme rotinas preconizadas.

Adequado também para limpeza e descontaminação de artigos e instrumentais.

 

Fita reagente para avaliação da atividade da solução.

1. Introduza a zona de reação da fita teste na solução diluída por 3 segundos e
então retire-a. Agite levemente a fita teste ou encoste-a lateralmente em um
papel absorvente para eliminar o excesso do líquido.

2. Espere 15 segundos e compare a cor da zona de reação com a escala de
coloração apresentada na etiqueta.

Conservação:

Manter o tubo de fitas teste em temperatura ambiente.
Nota: A leitura da fita teste deve ser realizada exclusivamente no período
recomendado em rótulo (após 15 segundos da imersão na solução). Depois deste
período, a coloração da fita, como todas as fitas reagentes existentes para
verificação de químicos, continua se alterando. Caso a fita teste seja armazenada
como registro, a cor demonstrada não será condizente com a cor apresentada no
momento do teste.

De acordo com as normas:

RDC nº35 de 16 de agosto de 2010 – (Desinfetante de alto nível e nível intermediário).

RDC nº15 de 15 de março de 2012 – (Boas práticas para o processamento de produtos para saúde).

RDC nº59 de 17 de dezembro de 2010 – (Notificação e o registro de produtos saneantes).

COMPRE TAMBÉM

Receba novidades por e-mail